Nova vacina contra febre aftosa só deve chegar ao mercado em 2019

Prevista inicialmente para chegar ao mercado em 2018, a nova vacina contra febre aftosa deve estar disponível apenas em 2019. Segundo o Ministério da Agricultura, a previsão anterior era a de que o período de testes fosse concluído em novembro do próximo ano, “mas em razão do número de partidas (lotes) a serem testadas, definiu-se para dezembro de 2018”, disse, em nota, o Departamento de Fiscalização de Insumos Agropecuários (DFIP) da Coordenação de Produtos Veterinários da Pasta.

A chamada “nova vacina” traz alterações à formulação utilizada na imunização do rebanho brasileiro desde 1992, com exceção de Santa Catarina (onde não há mais vacinação), como a redução da dose de 5 mililitros para 2 ml e a retirada do antígeno C. “A indústria fabricante da vacina, por iniciativa própria, solicitou ao ministério a retirada do adjuvante saponina (que foi introduzida nas vacinas a partir de 2008)”, diz o departamento.

Ainda de acordo com o DFIP, para que as mudanças sejam feitas é necessário fazer testes de segurança e eficácia do produto. De acordo com as regras estabelecidas, três lotes de cada marca comercial serão submetidos a estas análises, feitas pelo governo e pelos fabricantes, que serão iniciados em janeiro de 2018 e concluídos em dezembro de 2018.

 

Fonte: Estadão, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Autor

Leonardo Souza
Leonardo Souza
Médico Veterinário pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Pecuária de Corte pelo Rehagro, sócio-diretor da Qualitas Melhoramento Genético, com 21 anos de atuação nas áreas de gestão, produção e melhoramento genético. O Programa Qualitas de Melhoramento Genético conta com mais de 40 fazendas, nos estados de GO, TO, RO, SP, PR, MG e MT e também na Bolívia, totalizando um rebanho de mais de 250.000 cabeças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?