EUA deve reabrir mercado de carne bovina in natura no início de 2018

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que os EUA devem reabrir o mercado de carne bovina in natura para o Brasil no início de 2018. Os americanos embargaram o produto brasileiro em meados deste ano, depois de terem detectado abcessos relacionados à reação dos bovinos à aplicação da vacina contra o vírus da febre aftosa.

“Estamos prontos para reabilitar as plantas para lá e queremos habilitar as que vendem carne fresca (in natura). Acredito que deve no começo do ano que vem”, afirmou Blairo, após participar do lançamento do selo de compliance Agro Mais, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Segundo o ministro, o Brasil mantém conversas com os EUA para reabrir o mercado. “Estamos negociando com o governo americano e dissemos a eles que se eles têm problemas políticos que impedem a retomada das nossas exportações de carne brasileira que nos informem”, disse. Lembrando que o EUA já retomaram este ano as compras de carne bovina processada do Brasil.

Fonte: Valor Econômico, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Autor

Leonardo Souza
Leonardo Souza
Médico Veterinário pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Pecuária de Corte pelo Rehagro, sócio-diretor da Qualitas Melhoramento Genético, com 21 anos de atuação nas áreas de gestão, produção e melhoramento genético. O Programa Qualitas de Melhoramento Genético conta com mais de 40 fazendas, nos estados de GO, TO, RO, SP, PR, MG e MT e também na Bolívia, totalizando um rebanho de mais de 250.000 cabeças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?