Arquivos de Categoria: Raças

Indústria do Brasil vê chance de Canadá abrir mercado de carne in natura

Uma missão técnica do Canadá deve visitar o Brasil em outubro para inspecionar o processo de produção de carne bovina, e o país norte-americano poderia autorizar ainda em 2018 as importações do produto in natura brasileiro, disse nesta terça-feira um dirigente do setor.

Setor de couro quer melhorar qualidade e aumentar exportações

A melhoria da qualidade do couro brasileiro foi discutida na sexta-feira (17) em reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que teve a participação de diferentes segmentos, como representantes de criadores, frigoríficos, curtumes, autoridades e técnicos de governo e de meios acadêmicos.

Excesso de oferta de boi no MT facilita compras concentradas e em grandes lotes

Em entressafra brasileira do boi, marcada por ganhos freiados pelo escoamento da carne andando mais de lado do que de frente, o Mato Grosso vive um dos ciclos mais ofertados de todos os tempos. No Sudoeste, onde estão os mais volumosos rebanhos – com Cáceres na liderança nacional – um exemplo de Pontes e Lacerda chama a atenção: as escalas dos frigoríficos do entorno estão para a virada do mês.

Não desperdice o melhor da bezerra meio sangue Angus-Nelore

A grande distância genética entre as raças Nelore e Angus permitem a geração de um animal cruzado realmente impressionante. As duas raças são as maiores vendedoras de sêmen no Brasil. A boa capacidade de suportar as altas umidade e temperatura da maior parte do centro-oeste e do norte brasileiro permitem que estes animais consigam expressar as vantagens da heterose, que fazem a progênie apresentar desempenho superior às médias das duas raças utilizadas no cruzamento.

Você sabe o que é CEIP?

É o Certificado Especial de Identificação e Produção (CEIP) criado pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e que garante que o animal que o recebe apresenta desempenho produtivo muito superior à média dos animais de sua geração. Pois, somente os 20% melhores animais podem receber o CEIP. Por isso ele é “Especial”.

A identificação da genética mais lucrativa só termina quando o dinheiro está na conta

O grande desafio da seleção é identificar os melhores indivíduos para características de importância econômica para a pecuária de corte. Se formos bem objetivos, o melhor macho de corte é aquele que proporciona o maior lucro ao ser abatido. Simplificando, “O melhor touro tem que ser o melhor boi gordo”.

Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Gostaria de mais informações?