Você sabe o que é CEIP?

E para “Identificar” os melhores animais eles são obrigatoriamente submetidos a avaliações genéticas que geram as DEPs (Diferenças Esperadas na Progênie), que são as ferramentas de seleção mais eficazes para avaliar os animais.

E quando falamos em “Produção”, isso quer dizer que um animal só recebe o CEIP se ele for superior para características de real importância econômica para a pecuária de corte. Ser mais produtivo para ser mais lucrativo, esse é o objetivo.

Portanto, todo animal CEIPADO conquistou o direito de receber este certificado ao passar por processos rigorosos de avaliação e seleção com foco na produtividade sob a fiscalização e as normas exigidas pelo MAPA.

Somente 15 programas de seleção brasileiros possuem autorização do MAPA para certificar os animais.

Dentre eles está o Qualitas, Programa de Melhoramento Genético que reúne atualmente 45 fazendas. São mais de 35.000 vacas em avaliação.

Para um animal ser CEIPADO pelo Qualitas ele deve ser superior para Peso Desmama, Ganho de Peso da Desmama até os 15 meses de idade, Circunferência Escrotal aos 15 meses e Musculosidade no sobreano. Além disso, ele deve ser aprovado na avaliação visual ao sobreano para 18 características: reprodução, úbere, musculosidade, frame, aprumos, cascos, ossatura, profundidade, linha de dorso, inclinação de garupa, umbigo, boca, inserção de cauda, pigmentação, temperamento, chanfro, posição de testículos e raça.

As provas para um animal ser aprovado no Qualitas são realmente difíceis. Mas aqueles que são CEIPADOS são realmente superiores em produtividade e conformação.

O seu diploma de aprovação é o que está abaixo:

 

Eles são reconhecidos visualmente pela marca da ESTRELA que recebem na perna direita.

 

Autor

Leonardo Souza
Leonardo Souza
Médico Veterinário pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Pecuária de Corte pelo Rehagro, sócio-diretor da Qualitas Melhoramento Genético, com 21 anos de atuação nas áreas de gestão, produção e melhoramento genético. O Programa Qualitas de Melhoramento Genético conta com mais de 40 fazendas, nos estados de GO, TO, RO, SP, PR, MG e MT e também na Bolívia, totalizando um rebanho de mais de 250.000 cabeças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?