Mercado CEIP cresce 23,5% em dois anos e atrai centrais

Programas já avaliam 442.118 matrizes e devem certificar mais de 33.000 animais em 2018



Com 23 anos de existência, o CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção), vem ganhando espaço no mercado de genética Nelore. O número de adeptos deste tipo de seleção aumentou 23,5% no País, somente nos últimos dois anos, passando de 246 para 304 produtores ativos e um rebanho estimado em 2,3 milhões de cabeças, segundo o Conceip, entidade representativa dos programas de melhoramento emissores de CEIP . “Hoje, são mais de 10 programas no País, com um número substancial de matrizes em avaliação, fator preponderante deste crescimento”, diz Cézar Franzon, presidente da entidade.
DBO levantou dados exclusivos sobre esse mercado, cujo plantel de matrizes avaliadas passou de 379.000,  em 2016, para 442.118 em 2018 (alta de 16,6%), com aumento considerável no número de certificações, que, pela primeira vez na história, deve ultrapassar a margem de 33.000 animais, dos quais 13.625 tourinhos jovens. “Isso tem aberto portas também no mercado do sêmen, que cresce, em média, 10% ao ano para o Ceip, o que realmente interessa a quem produz genética”, atenta Franzon. As centrais de inseminação artificial também estão contratando mais touros com CEIP, conforme mostra o gráfico a seguir. Veja reportagem completa na Revista DBO.
Contratação de animais com CEIP

DBO levantou dados exclusivos sobre esse mercado, cujo plantel de matrizes avaliadas passou de 379.000,  em 2016, para 442.118 em 2018 (alta de 16,6%), com aumento considerável no número de certificações, que, pela primeira vez na história, deve ultrapassar a margem de 33.000 animais, dos quais 13.625 tourinhos jovens. “Isso tem aberto portas também no mercado do sêmen, que cresce, em média, 10% ao ano para o Ceip, o que realmente interessa a quem produz genética”, atenta Franzon. As centrais de inseminação artificial também estão contratando mais touros com CEIP, conforme mostra o gráfico a seguir. Veja reportagem completa na Revista DBO.

Contratação de animais com CEIP


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?