Exportações de carne bovina sobem 11,7% no primeiro quadrimestre do ano

As exportações de carne bovina fecharam em alta no primeiro quadrimestre de 2019, de acordo com os dados da Secretária de Comércio Exterior (Secex), divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Nesse período, os embarques somaram 538.523 toneladas, crescimento de 11,7% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram exportadas 482.114 toneladas. Em receita, as exportações do acumulado dos quatro meses do ano somaram US$ 2,01 bilhões, alta de 3,1% ante os US$ 1,9 bilhão registrados no primeiro quadrimestre de 2018.

Boa parte dessa alta foi puxada pelo desempenho das exportações na categoria carne in natura, que tiveram o melhor resultado para um mês de abril desde 1997, quando foi iniciada a série histórica. Em abril de 2019, as exportações dessa categoria somaram 109,8 mil toneladas, alta de 56,7% em relação ao mesmo mês de 2018.

O resultado do mês de abril também foi positivo, fechando com um volume de 132.855 toneladas e faturamento de US$ 502,1 milhões, alta de 53,5% e 43,3%, respectivamente, comparado ao mesmo período do ano passado. “Os resultados mostram a qualidade e competitividade da carne brasileira, que tem a confiança dos principais mercados compradores”, ressalta o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.

Em relação aos principais destinos da carne bovina brasileira no acumulado de janeiro a abril de 2019, os destaques são os crescimentos nos volumes embarcados para a Rússia (+1.335,61%), EAU (+349,76%) e Irã (+47,58%).

Fonte: Abiec.

Comentários

Boi Gordo | R$/@

14/11/2019 | Scot Consultoria
Região À vista 30 dias
Barretos/SP 192,00 194,00
Araçatuba/SP 192,00 194,00
Triângulo/MG 183,00 185,00
B.Horizonte/MG 182,00 184,00
Norte/MG 180,50 182,00
Sul/MG 168,50 170,50
Goiânia/GO 174,50 176,50
Reg. Sul/GO 177,50 179,50
Dourados/MS 176,50 178,50
C. Grande/MS 176,50 178,50
Três Lagoas/MS 170,50 172,50
Oeste (kg)/RS 5,75 5,85
Pelotas (kg)/RS 5,75 5,85
Sul/BA 160,50 162,50
Oeste/BA 170,50 172,50
Norte/MT 160,50 162,50
Sudoeste/MT 165,50 167,50
Cuiabá*/MT 170,50 172,50
Sudeste/MT 168,50 170,50
Noroeste/PR 177,50 179,50
Oeste/SC 163,50 165,50
Oeste/MA 171,50 173,50
Alagoas 178,00 180,00
Marabá/PA 179,50 181,00
Redenção/PA 175,50 177,50
Paragominas/PA 177,50 179,50
Sudeste/RO 170,50 172,50
Sul/TO 169,50 171,50
Norte/TO 180,50 182,00
Acre 142,00 144,00
ES 165,50 167,50
RJ 174,50 176,50

TV Scot

Mercado sem rodeios - Episódio 200 - Disparada do boi gordo

14/11/2019 | Scot Consultoria
A melhoria do consumo interno, as exportações aquecidas de carne bovina, em especial para a China, e a oferta comedida de boiadas para abate dão sustentação as cotações da arroba do boi gordo, que subiram 9% no acumulado de novembro e 13% nos últimos trinta dias em São Paulo. Para acompanhar este e outros vídeos da Scot Consultoria, acesse o nosso canal no Youtube.
Parceiros:
Nós preferimos: