Demanda melhora e sebo bovino tem valorização

Ao contrário do observado no mercado de couro, onde o preço vem caindo mês a mês, a última desvalorização do sebo foi em meados de março e, de lá pra cá, a cotação ou ficou estável ou teve alta.

No Brasil Central, a gordura animal está cotada, em média, em R$2,20/kg, livre de imposto, segundo levantamento da Scot Consultoria. Valorização semanal de 2,3%.

No Rio Grande do Sul, apesar da boa demanda, não houve alteração e o produto está cotado, em média, em R$2,30/kg, nas mesmas condições.

Para o curto prazo a expectativa é de que a demanda continue alta e mantenha o mercado com preços sustentados.

Fonte: Scot Consultoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda?